Cotidiano Paralelo

Esse texto singelo é uma justa homenagem a uma pessoa que eu nunca amei tanto quanto agora: Lauro Edison, hehe. Algumas poucas pessoas, em especial uma, sabem o quanto é oportuno que eu me sinta assim justo… agora! =D

“Nunca tenha medo de arriscar, de arriscar! Eu já falei a você sobre o Equus, não falei? Aquele doutor, Dr. Dysart, com quem eu muito me identifiquei… Viu que era melhor se arriscar na loucura e cegar cavalos com espetos de metal, do que ser seguro e convencional e monótono.”

[rpg] Mago ● A Ascensão
Christopher Durang

Era pra eu ter dormido umas 2 da madrugada. Um lapso, bem mais que um lapso aliás (ela sabe), e fui dormir às 6! Devia ter acordado 11 da manhã, acordei 4 da tarde. Falha! O cotidiano esmerado, estudado, planejado, outra vez saiu completamente dos trilhos. Como corrigir a rota? Antigamente, e não muito, isso levava até um mês pra corrigir. Agora precisa levar um dia no máximo. Pra dormir mais cedo, só uma solução forçada: duas latas de cerveja na hora certa. Funcionou bem, e dormi às 4 da manhã – pela natureza, teria ido dormir às 8.

Mas álcool tem consequências óbvias na manhã seguinte: depressão irracional, apatia, cérebro derretido, tédio de pré-adolescente. Ainda bem: sou um robô previsível e tenho o manual de instruções. Solução, desta feita, é outra: modafinil e muita cafeína, mais um energético qualquer. 45 minutos. Parece que tenho 18 anos. O fígado ou os rins vão cobrar caro demais isso um dia? Não necessariamente. Também estou ligado e me prevenindo. Fato: estou pronto para o dia. Cores de aurora grega pra onde olho. E estarei melhor ainda a seguir: 25 minutos de esteira, pesos aumentados na academia. Nem dói, é desafiador e estimulante – modafinil faz mágica. Uma gostosa de rabo impossível entra na academia e, num lapso instintivo, supera a mulher que amo. Dura uns 10 segundos. Impossível controlar, os homens e as mulheres espertas o sabem. Os afetos são sagrados, a natureza é vulgar, hehe. Eu amo essa sensação. Note como o detalhe marcou meu dia. “Homens!”, se conforma a outra espécie. Obviamente o instinto não nubla minha razão, nem mesmo durante os 10 segundos magníficos. Talvez é disso que eu goste: de estar à frente de minha biologia. Salve Dawkins. Talvez não seja suficiente pra ela. Então que se foda ela, hehe. Aparentemente ninguém está a salvo de burrices pontuais, nem os melhores. E, como sempre, burrice = tragédia. Salve Tyler Durden.

Está frio. Sair da academia acabaria em choque térmico. E gripo fácil. Quase esgotado, tenho uma decisão simples a tomar: voltar correndo. Assim a temperatura corporal se mantém apesar do frio. E os 9 minutos se tornam 1 minuto e meio, o que é um lindo bônus pelo esforço. Cansa? Sim, mas como posso sentir o cansaço, tão dopado pela felicidade artificial do modafinil e da esteira? Impossível. A resistência à dor vai ao máximo. Chego em casa ofegante. Proteínas, ferro, mielina e vitaminas já me aguardam estrategicamente. Tomo um bom banho. Esse texto vinha se escrevendo na minha cabeça desde que as drogas fizeram efeito. Aqui estou eu.

Eu obrigo esse organismo degenerado de 29 anos a ter 18 outra vez.
O cérebro acompanha. Fuck yea.

Agora, não pleno, mas de certo modo melhor que isso: sem precisar estar pleno, voltarei a estudar Cálculo.
Imune a tudo o que eu não controlo (i. e., a estupidez alheia; alheias).

Pra manter esse estado vigoroso, é preciso matar um leão por dia.
Mas cada dia é mais fácil matá-lo.

“Que nosso fogo interno esteja ao máximo, para esquentar a regra ao rubro e modificá-la! Que nossa realidade interior seja tão forte que corrija a realidade exterior! E que nossas paixões sejam devorantes, mas que tenhamos um apetite de viver ainda maior, para devorá-las!”

– As paixões segundo Dali,
Louis Pauwels e Salvador Dali

Eu sou forte. Você é?
Seja quem for, seja. Aprenda a ser.
Eu sei que parece impossível. Eu digo, você está iludido.
“Evolua, e deixe os pedaços caírem onde tiverem que cair.”

Bata forte, porque a vida é surda.
– Chumbawamba

Anúncios

Uma resposta to “Cotidiano Paralelo”

  1. Michelle Rivas Says:

    Amei! Li sob efeitos modafinil, hauahuah.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: